7 fatos interessantes sobre zircônia cúbica: a imitação do diamante

Zircônia cúbica

Zircônia cúbica é um produto artificial que imita bem um diamante. Dependendo dos métodos de produção, ocorre sob diferentes nomes comerciais.

Abaixo estão 7 fatos interessantes sobre zircônia cúbica, nós encorajamos você a lê-los antes de pegar os brincos com elas novamente.

O que é a Zircônia Cúbica

Apesar do brilho do diamante, distingue-se a Zircônia cúbica com relativa facilidade quando exposta aos raios-X.

A pedra é geralmente incolor, embora uma mistura de metal cinza possa mudar sua cor para laranja, níquel para marrom, cromo para verde e cobalto para azul.

CARACTERÍSTICA

Apesar do brilho do diamante, distingue-se o zircão com relativa facilidade quando exposto aos raios-X. A zircônia cúbica é geralmente incolor, embora uma mistura de cério (metal cinza macio) possa mudar sua cor para laranja, níquel para marrom, cromo para verde e cobalto para azul. 

Fatos interessantes

Devido à sua aparência, ela é considerada uma imitação de diamante muito boa. Usa-se com frequência em joias. Mas nem todos sabem que usa-se esse composto na medicina e na indústria.

1 – A Alemanha é o lar da zircônia cúbica

Foi na Alemanha, no final da década de 1940, que o primeiro zircão foi descoberto por um mineralogista local. Assim, o uso de joias com zircônia cúbica começou apenas cerca de 30 anos depois – já no estado russo.

2 – O uso de zircônia cúbica vai além da joalheria

Se você pensava que aquelas lindas joias de ouro com zircônia cúbica que você possui usam todo o potencial deste material, você se enganou.

Além disso, a indústria amplamente conhecida encontrou sua própria maneira de usá-la. Mas um dos mais populares é o uso de zircão para analisar a quantidade de oxigênio nos gases de escape.

3 – A China lidera em termos de quantidade de zircônia produzida

A China é líder mundial em muitos campos e a produção de zircônia cúbica não é exceção. No entanto, é importante acrescentar que a Tailândia está seguindo seus passos.

Portanto, há uma boa chance de que os strass que adornam seus brincos de prata favoritos sejam de lá.

4 – Os strass vêm em muitas cores diferentes

A clássica é transparente, mas esta é apenas uma de suas muitas versões, porque podemos realmente tê-la em quase qualquer cor do arco-íris, dependendo da substância com a qual está combinada.

Por exemplo, uma zircônia cúbica azul decorando um anel azul provavelmente é feita de adição de cobalto ao zircão cúbico.

5 – Os strass são perfeitos

Na verdade, eles são projetados para impressionar com impecabilidade. Assim, eles não têm inclusões como diamantes naturais.

Portanto, saem do processo de produção em perfeitas condições, que, claro, podem ser danificados com o uso. Os strass não são tão duros e duráveis ​​quanto os diamantes.

6 – A maior zircônia cúbica pesa 5.845 quilates

O sortudo proprietário desta zircônia cúbica de salmão única é John Baumler, de Roma. Talvez ele não tenha ideia de que seu tesouro de 5,845 quilates pode fazer milhares de aneis.

7 – Zircônia é uma alternativa popular aos diamantes

Mesmo os sortudos que podem comprar diamantes buscam strass e é neles que eles se mostram com mais frequência. Devido ao seu alto valor, os diamantes são mais arriscados de usar todos os dias.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here