Cruz Egípcia – Significados da Cruz Ansata ou Ankh

Cruz Egipcia Ansata Ankh
Significados da Cruz Egipcia - Ansata - Ankh
  OUTLET

Considerado um poderoso símbolo místico, oculto e sagrado, a Cruz Egípcia é a principal representação religiosa dos Deuses do Egito antigo. Mas por quê? Conhecida também como Cruz Ansata e Ankh, o que tornava esse símbolo tão importante para os antigos místicos?

A Cruz Egípcia remonta aos tempos antigos, simbolizando a vida em seu aspecto geral, e mais precisamente a vida eterna. O símbolo é um aro em forma de lágrima com uma cruz conectada diretamente abaixo dele. O aro do ankh representa o sol, com a barra horizontal da cruz representando o horizonte e a barra vertical da cruz representando o caminho do sol, que se eleva acima do horizonte. 

Cruz Egípcia - Cruz Ansata - Ankh
Foto: Reprodução/Pinterest

Significado da Cruz Egípcia – Cruz Ansata ou Ankh

Embora o símbolo sempre tenha sido usado para representar a vida, ele também teve outras interpretações. Mais especificamente, a Cruz Egípcia poderia simbolizar a vida física na Terra, a vida eterna no céu ou no submundo, imortalidade e até reencarnação. 

Muitas vezes, os antigos egípcios carregavam ornamentos de ankh para proteção ou os usavam no culto por suas propriedades mágicas. Ademais, o ankh simbolizava uma vida longa e próspera para o rei, que era frequentemente mostrada em pinturas de faraós. 

A Cruz Egípcia também é mostrada em forma hieroglífica em muitas inscrições reais para mostrar a bênção da vida eterna. Por isso, o ankh às vezes é chamado de “chave da vida”, também representa a sabedoria e o discernimento no mais alto nível e é um símbolo de fertilidade.

Cruz Egípcia - Cruz Ansata - Ankh

Cruz de Ansata como Símbolo de Fertilidade

Como símbolo da fertilidade, o laço representava o órgão feminino e a linha abaixo representava o órgão masculino. Isso certamente também reflete a criação de uma nova vida, para não ser mal interpretada.

A Cruz de Ansata simboliza o homem e mulher em perfeita união. Ao unir homem e mulher em perfeita harmonia, uma nova vida é criada. Com isso, entende-se que os braços estendidos representam as crianças criadas a partir da unificação de homens e mulheres.

Cruz Egípcia - Cruz Ansata - Ankh
Foto: Reprodução/Pinterest

Cruz de Ankh na Mitologia Egípcia

A cruz de Ankh está associada aos deuses solares de Atum e RA. Um disco solar com raios solares, nas extremidades das quais as mãos seguravam o Ankh, foi interpretado como um símbolo de que a vida de plantas, animais e seres humanos é dada pelo sol.

O Ankh também estava conectado com Osíris, o deus das forças reprodutivas da natureza e o rei da vida após a morte. Além disso, às vezes, a deusa da verdade “Ma’at” também era retratada com a cruz do ankh na mão.  

Cruz Egípcia em Outras Culturas

A Cruz Egípcia foi usada pelos coptas (cristãos egípcios), que também a associaram à vida após a morte, e era um símbolo da vida eterna em Cristo. Alguns pesquisadores até sugerem que a cruz do Ankh que era o protótipo da chave de ouro do céu ou do paraíso que São Pedro sustentava.

Na Babilônia, o Ankh era um símbolo do céu e da imortalidade. Além do mais, a Cruz de Ankh também era conhecida como o símbolo místico dos índios da América Central porque eles o associaram à água. E para os escandinavos, a cruz do Ankh era um símbolo de rejuvenescimento.

Cruz Egípcia - Cruz Ansata - Ankh
Foto: Reprodução/Pinterest

O Ankh como Símbolo Universal

Observando a misteriosa cruz do Ankh em termos de simbolismo universal, podemos destacar dois elementos principais na imagem do signo, o círculo e a cruz.

A cruz em muitas culturas simboliza a vida como tal, uma combinação de princípios masculino e feminino (a barra vertical é masculina, ativa, energia Yang e a linha horizontal é feminina, passiva, energia Yin). Em outras palavras, uma cruz é um símbolo da existência humana com limites muito específicos. 

Os pontos de cruzamento da cruz são o núcleo, a essência do espírito humano, o ponto de origem, o começo e a gênese. Quanto ao círculo, simboliza a eternidade, algo desconhecido e infinitamente conhecível.

Se combinarmos esses dois recursos em um único personagem, veremos que é um símbolo de uma combinação de divino e humano, eterno e limitante. Ao mesmo tempo, o que é característico, acima da cruz (homem), é o reino da eternidade, a divindade – isto é, o lugar aonde o espírito do ser humano vai – a área do conhecimento infinito, perfeição e amor.

Assim, a misteriosa Ankh Key é uma criptografia metafísica profunda, apontando o verdadeiro significado da vida humana como um “ponto”, contemplando sua natureza eterna, que reconhece a verdadeira essência de sua existência.

Por que Usar a Cruz Egípcia?

A Cruz Egípcia é considerada um chave que permite que você se sinta mais fundamentado e equilibrado em relação às sensações sensuais de estar em um corpo humano. Não é apenas intimidade no nível físico, é intimidade no nível emocional. 

O Ankh alinha você com seu próprio eu, ajudando-o a experimentar a VIDA aqui na Terra e integrando seu eu etérico. Este disco é conhecido por ativar o chakra sacral e liberar toda a negatividade em relação à intimidade e ao sexo armazenados em seu corpo.

É possível você encontrar a Cruz de Ankh em estampas de roupas, pinturas, tatuagens e principalmente em joias de cruz egípcia que além de promover beleza, traz consigo significados incríveis.

BRINCO DE ARGOLA COM CRUZ EGÍPCIA ÁGUA MARINHA JOIAS EM PRATA 925 WAUFEN

Na waufen você encontra joias de cruz de todos os tipos para se manter sempre protegido e abusar dos significados desses símbolos com estilo. E se você gostou do post e tem algo a acrescentar sobre o tema, deixe seu comentário. 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here