Porque você não deve furar as orelhas em qualquer lugar

Durante um tempo que a maioria das farmácias ficaram proibidas de furar as orelhas de crianças, mulheres e homens. Antigamente, esses estabelecimentos eram praticamente os únicos que faziam o procedimento com as famosas pistolas de perfuração. Porém, hoje em dia, há muitas opções ofertadas. Por isso, todo cuidado é pouco!

Fazer furos na orelha é um procedimento simples, porém exige cuidados e atenção. Assim como as perfurações de piercings, os furos no lóbulo também merecem sua atenção. Afinal, com tantas opções disponíveis é difícil saber qual é o lugar correto para furar as orelhas. Por isso, vamos te contar quais são os lugares adequados para fazer as perfurações.

furar as orelhas cuidados
Piercings em regiões mais difíceis e a perfuração do lóbulo tem a mesma importância. O recomendado sempre é escolher um farmacêutico ou body piercer

É permitido furar as orelhas em farmácias?

Por conta de uma determinação da Anvisa em 2003, o serviço de fazer furos na orelha em farmácias havia sido suspensos. Porém, em agosto de 2009 essa determinação foi modificada. Por isso, de acordo com as novas normas, as farmácias estão aptas a fazer as perfurações:

“São considerados serviços farmacêuticos passíveis de serem prestados em
farmácias ou drogarias a atenção farmacêutica e a perfuração de lóbulo auricular para
colocação de brincos.”

Então, as farmácias podem fazer os furos, porém a joia deve fazer a perfuração com o auxílio de uma pistola. O uso da pistola pode gerar um impacto um pouco maior, porém é um procedimento super rápido.

Por outro lado, para quem ainda está inseguro sobre fazer a perfuração há também os body piercers. Eles são profissionais aptos a fazer diversos tipos de perfurações corporais. Inclusive, os tradicionais furos no lóbulo da orelha. Os body piercers não utilizam a pistola para a perfuração. Então, o processo é um pouco mais delicado.

Furar as orelhas de bebês ou de crianças pequenas

O mais recomendado para crianças pequenas ou bebês é contratar uma enfermeira para que elas façam os furos em suas orelhas. Isto por que as crianças pequenas e bebês tendem a ser mais suscetíveis a infecções por terem uma pele mais sensível. E também terem a imunidade mais baixa do que um adulto. Além disso, a perfuração apenas com a agulha será menos impactante para o bebê.

Bebê com orelha furada
Muitos pais ficam em dúvida sobre furar a orelha dos filhos ou não

Mas também pode-se furar as orelhas das crianças em casas especializadas em piercings. Um especialista americano em piercings e tatuagens, Brian Keith Thompson, que já furou as orelhas de algumas celebridades como Beyoncé e Bella Thorne, diz que o ideal é sempre fazer os furos de orelha com especialistas.

Ele coloca que as pistolas podem não perfurar a pele com precisão. Consequentemente, há grandes chances de você ter uma experiência desagradável no processo de cicatrização. Segundo Brian, a pistola de perfuração perfura e não fura. Já a agulha é feita para furar a pele, além disso ela gera um processo de cicatrização bem mais rápido para o bebê ou adulto.

furar as orelhas pistola
Deve-se furar as orelhas com pistolas?

Esterilização dos equipamentos de perfuração

Outro ponto que Brian coloca é de que a agulha também pode ser esterilizada com mais eficácia. Isso porque as pistolas podem ser limpas com produtos esterilizantes, porém não podem ser aquecidas. Então, ele também coloca que o aquecimento é o método mais seguro de se esterilizar.

Furar as orelhas – uma experiência para criança

O especialista explica também que ao furar as orelhas de crianças é necessário estimar um tempo maior do que se fosse furar as orelhas de um adulto, já que as crianças são mais impacientes. Além disso, também é necessário fazer a marcação que acaba levando mais tempo. Pois geralmente elas acabam se mexendo mais, o que acaba dificultando um pouco mais o processo.

Brian também ressalta a importância de que todo esse processo faz parte de uma experiência, e não é apenas de furar a orelha de seu filho. Muitos pais ficam extremamente preocupados com a reação que seus filhos terão. Então, alguns acabam ficando ainda mais estressados do que a própria criança.

O especialista diz também que não se deve forçar o seu filho a furar suas orelhas. Quando a criança começar a chorar muito a ponto de ficar histérica, o ideal é não continuar o procedimento para não gerar traumas para a criança.

Neste caso ele recomenda a voltar outro dia. Além disso, se for uma criança maior, Brian sempre aconselha aos pais a perguntarem para ela se ela realmente quer ter sua orelha furada. E também explicar todo o procedimento antes, para que ela não fique com medo e muito menos traumatizada.

Confira o vídeo de Brian fazendo a perfuração em uma criança: