Guia completo sobre os tipos de pérolas e sua história

  OUTLET

colares perolasJá não é de hoje que as pérolas simbolizam a pureza e a beleza. Também são consideradas tanto clássicas como contemporâneas nos dias atuais, pois sai estação, entra estação… Muda o ano, entra ano.. Elas estão sempre na moda e nas últimas tendências das passarelas, porém, com uma pitada mais “cool” e “fashion”, claro, e não tanto como aquele colar tradicional de pérolas que talvez a sua avó tivesse.

Saiba neste post tudo sobre o mundo das pérolas, seus tipos, formatos, cores e tudo que envolve essas pequenas pedras que tanto gostamos! Você imagina como é feito o cultivo das pérolas? O por quê dos joalheiros se referirem às pérolas de água salgada como pérolas orientais e às produzidas por moluscos de água doce como pérolas de água doce? Não? Contaremos tudo!

Sofisticação e elegância, essa é a maior impressão que as pérolas nos passam e é por isso que fascinam tanto o mundo feminino…

História da pérola

Também chamada de a “Rainha das Gemas”, a pérola é a mais antiga pedra preciosa conhecida e já foi tida como a jóia mais cara do mundo devido à raridade com que ela se encontra. Você sabia que para cada milhão de ostras, apenas uma delas produz uma pérola natural?

As pérolas são dos materiais de gema que mais cedo foram utilizados para adorno pessoal. Os escritos mais antigos que mencionam pérolas datam de cerca de 2000 anos a.C.

As pérolas eram muito apreciadas desde a Antiguidade. O nome “pérola” vem dos Romanos do latim pirla, diminutivo de pira, palavra com o significado de “formato de lágrima”. Para os Romanos a pérola era um símbolo do amor.

Não se sabe ao certo na história quem exatamente as descobriu, porém durante a Idade Média, nos séculos XIII e XIV, muitos países da Europa proibiram por lei que pessoas comuns usassem pérolas, reservando-as somente às pessoas que faziam parte da aristocracia.

Após a Revolução Francesa, quando as leis discriminatórias foram abolidas, as pérolas passaram a ser consideradas os presentes ideais de noivado e casamento, por inspirar beleza e inocência. A partir disso, é que também começou a tradição de presentar mães com adornos e acessórios feitos em pérolas.

Uma das grandes personalidades do século XX, cuja vida foi marcada por tragédias, glorias, riqueza e política, fez das pérolas sua marca registrada. Jacqueline Kennedy Onassis, um ícone de elegância moderna, usava quase sempre o famoso colar de três voltas e um par de brincos solitários de pérolas, obviamente.

colar perolas jacqueline kennedy

Como se forma a pérola?

As pérolas, tanto as naturais como as cultivadas, são formadas quando o molusco produz camadas de nácar, devido a algum tipo de irritação que é causada dentro da concha. Ao defender-se do intruso, o molusco ataca esse agente com uma substância segregada pelo manto, chamada nácar ou madrepérola, composta de 90% de um material calcário, a aragonita (CaCO3), 6% de material orgânico (conqueolina, o principal componente da parte externa da concha) e 4% de água.

O nácar é uma substância branca, brilhante, irisada e rica em calcário que reveste interiormente um grande número de conchas.

O nácar das conchas é feito de camadas planas, enquanto as pérolas finas, produzidas pelas ostras, são compostas por camadas esféricas e concêntricas feitas pelos mesmos elementos do nácar.

Depositada sobre o invasor em camadas concêntricas, essa substância cristaliza-se rapidamente, isolando o perigo e formando uma pequena bolota rígida.

colares perolas estilizado

Nas pérolas naturais, geralmente o agente que provoca essa irritação é um outro organismo ou corpo estranho que adentra a concha e que vem da própria água. Já nas pérolas cultivadas, uma madre pérola é inserida dentro do molusco para esse processo começar e ser mais rápido.

Em ambos os casos, o que determina o brilho e a luminosidade da pérola é a qualidade do nácar. É o nácar que deixa a pérola mais bela e mais valiosa. A superfície da pérola deve ser lisa e livre de qualquer marca ou risco. As pérolas perfeitamente esféricas só se formam quando o parasita é totalmente recoberto pelo manto, o que faz com que a secreção de nácar seja distribuída de maneira uniforme.

O formato pode ser circular, oval, em formato de pera ou até sem forma definida. As que não possuem formas definidas são chamadas de pérolas barroca.

A pérola é a única gema de origem animal. Até o século XVII, não existia tecnologia para polir pedras preciosas como rubis e esmeraldas, por isso as pérolas eram um dos maiores símbolos de riqueza e poder, usadas como adorno nas mais valiosas jóias da época.

Formação das Pérolas

Como mencionamos anteriormente, as pérolas podem se formar a partir de duas maneiras: ou naturalmente ou através de cultivo e intervenção humana.

Pérolas Naturais

São extremamente raras. Como já mencionamos acima, as pérolas naturais são aquelas encontradas dentro das ostras e que não possuem qualquer interferência humana em sua formação. Relatos informam que a maioria das pérolas naturais foram achadas no Golfo Pérsico.

Infelizmente hoje em dia é muito difícil encontrá-las, pois além de estarem praticamente extintas, é um trabalho bastante árduo para os que a procuram, haja visto a proporção de 1 em 1 milhão. Você pode até encontrar algumas pérolas naturais pequenas, mas serão extremamente caras.

Pérolas Cultivadas

As pérolas cultivadas ou aquelas que são fabricadas através da interferência humana acabam crescendo em “fazendas de pérolas”. Isso mesmo, existem locais específicos onde as pérolas são desenvolvidas para joalherias ou fábricas de semi jóias. Os moluscos são criados até eles ficarem na idade certa para aceitar o nácar de madre pérola.

Através de um procedimento bastante delicado e cuidadoso, os profissionais fazem a implementação do nácar dentro do molusco. Os moluscos então, são devolvidos para a água e recebem os devidos cuidados para que as pérolas se formem.

Um fato interessante é que mesmo a partir deste procedimento, não são todos os moluscos que conseguem produzir a pérola. Há também os casos onde os moluscos desenvolvem a pérola, mas as pérolas ou não saem com a qualidade devida ou não saem totalmente desenvolvidas da maneira como tem que ser.

Um fato sobre as pérolas é que elas podem ser desenvolvidas tanto na água salgada como na água doce. Também existem tipos de moluscos diferentes que produzem pérolas de aparência diferente.

Tipos de Pérolas

Conheça abaixo os diferentes tipos de pérolas existentes. As pérolas South Sea e as Pérolas do Tahiti são consideradas top de linha, isso devido ao seu tamanho, brilho e preço. Quanto maior o tempo de cultivo (que deve ser no mínimo de 3 anos) maior a iridiscência e o efeito arco-íris que a luz branca provoca quando incide sobre a pérola e retorna aos nossos olhos.

Pérolas de Água Salgada

As pérolas de água salgada são usadas desde a Antiguidade e no passado a única forma de consegui-las era mergulhando em áreas perigosas, com concentração de tubarões e medusas, arriscando a vida de quem as procuravam.

perola akoya

Pérola Akoya

As pérolas de água salgada incluem as pérolas do tipo Akoya, que são cultivadas principalmente nas águas do Japão e da China. As pérolas Akoya são provenientes das ostras perlíferas, as menores do mundo. As Akoyas tem um diâmetro inferior aos das pérolas dos mares meridionais. Suas formas, perfeitamente esféricas, bem como o lustro luminoso, valorizam a doçura de suas cores.

As pérolas cultivadas em água salgada vão de 2 mm (minúsculas) até 10 mm (raras) e geralmente elas tem uma cor branca ou creme e o formato redondo.

Pérola de Cultura dos Mares Meridionais – South Sea

perola meridional

Entre a costa nórdica da Austrália, Indonesia e as Filipinas, são produzidas as Pérolas dos Mares do Sul. Nestes mares são cultivadas as pérolas mais belas e maiores do mundo. As pérolas cultivadas nestes mares vão de 9 mm até 20 m e tem a cor natural branca, creme ou dourada. Os tons brancos, prateados e dourados que elas ostentam são sutis, raros e característicos de sua origem prestigiosa.

As pérolas dos mares meridionais se caracterizam por possuírem um nácar excepcionalmente espesso, bem como um lustro acetinado único, procedente do ambiente favorável em que são cultivadas.

perola negra

Pérolas de Cultura do Tahiti

E por fim, também de águas salgadas, existem as pérolas do Tahiti ou mais conhecidas pelo lendário nome de “pérolas negras”. No entanto, essas pérolas não são exclusivamente da região do Tahiti, mas também são desenvolvidas principalmente em algumas ilhas e lagoas da Polinésia Francesa.

São formadas por camadas perlíferas espessas, cercando o cerne e se caracterizam por sua variedade de formas, de diâmetros, de qualidades e de nuances naturais. A espessura dessa capa permite conservar a cor, o lustro e exotismo. O tamanho das pérolas varia de 8 mm a 16 mm. As cores das pérolas cultivadas nesta região podem ser cinza, azul, verde, roxa e pérolas negras.

Pérolas de Água Doce

perola agua doceAs pérolas desenvolvidas em águas doces de rios, lagos e lagoas são predominantemente na China. Embora  muitas delas sejam brancas e assemelham-se às pérolas do tipo Akoya em relação ao tamanho e formato, elas também podem ser produzidas em diversos formatos e em cores pastéis.

Muitas pérolas de água doce não são cultivadas a partir do nácar de madre pérola, mas sim com um pequeno pedaço de lenço. E isso acaba resultando em uma pérola mais espessa do que a Akoya.

Pérolas Arroz e Freshwater

perola arrozAs pérolas do tipo “arroz” crescem dentro dos órgãos reprodutores da ostra. Também são conhecidas como pérolas Keshi ou papoula. São pequenas, podem ser arredondadas ou compridas, parecendo um grão de arroz. Encontram-se em um grande número de irregularidades em seu pequeno formato. A maior incidência é na China. São de água doce, cultivadas em rios e lagos e foram muito usadas para montar colares com 30 ou 40 fios torcidos – uma moda dos anos 80.  

Pérolas Barrocas

perola barroca

São todas as pérolas sem forma geométrica definida. Ou seja, são todas aquelas que, durante o cultivo, não saíram conforme o esperado e não atingem 75% de esfericidade.  As pérolas barrocas podem ser de água doce ou salgada e de uma ampla gama de cores e tons.

Imitação de pérolas ou pérolas artificiais

Geralmente possuem um revestimento de vidro. A maioria delas são suer lustradas, mas não tem o brilho de uma pérola cultivada de alta qualidade. Ourives e joalheiros respeitados conseguem identificar facilmente uma pérola cultivada ou natural de uma pérola que é imitação

Pode ser um desafio, embora, identificar uma pérola natural de uma pérola cultivada. Muitas pérolas são submetidas a tratamentos para acentuar seu brilho ou alterar sua coloração.

colar de perolas chanel

Formatos de Pérolas

As pérolas possuem diferentes formatos. Quanto mais redonda a pérola for, mais rara e maior será seu preço. Os formatos vistos são os redondos e ovais. Recentemente as pérolas barrocas voltaram com força às maiores tendências de moda. Listaremos aqui os principais formatos.

formatos de perolas

Pérola redonda

De formato completamente redondo aos olhos.

Pérola praticamente arredondada

Aos olhos de quem vê é praticamente redonda, um pouco mais achatada do que a completamente redonda. É um pouco mais alongada do que circular.

Gota

As pérolas em formato de gota são simétricas e arredondadas na parte inferior.

Semi barroca ou Barroca

Consideradas todas que são assimétricas e que possuem formato irregular. É completamente visível aos olhos a sua assimetria.

Oval

São simétricas, mais alongadas/achatadas do que as redondas.

ear cuff perolas

Cores das pérolas

Como mencionamos anteriormente, existem diversas cores de pérolas. Porém, vamos comentar aqui as principais cores que você poderá encontrar de pérolas e as mais comuns. A cor não afeta a qualidade de uma pérola, mas influencia em sua beleza.

  • Branca
  • Creme
  • Dourada / Champagne
  • Acinzentada
  • Negra
  • Azul
  • Verde
  • Rosa

As pérolas possuem uma alta variedade no que diz respeito às cores, desde a cor branca até a negra, existem variações intermediárias.   No entanto, é importante distinguir a cor de nuance. Por exemplo: as pérolas possuem cores naturalmente brancas, champagne, douradas, verde e preta. O nuance é a variação entre essas cores, por exemplo, o champagne pode acabar ficando com tons rose. Os nuances geralmente são as cores translúcidas.

cores perolas cores-perolas-2

Brilho / Lustro das Pérolas

O brilho ou o lustro da pérola descreve tanto a beleza da luz refletida da superfície da pérola e ao mesmo tempo a luz refratada do interior da pérola de nácar. O brilho da pérola é um iridescence moderado, em oposição ao brilho reluzente de um diamante. O lustro é o fator mais importante e valioso para considerar a beleza da pérola.

O lustro é mais do que a combinação da brilhosidade da superfície e do brilho interno da pérola. É causado pela entrada da luz dentro da pérola que transcende nas camadas de nácar e refletem de volta aos olhos.

qualidade e brilho perola

As condições onde a pérola se desenvolve podem influenciar o lustro de uma pérola, por exemplo, quanto mais rápido o nácar é produzido, menos translúcida a pérola será. E como resultado final, o nácar pode ser fino e não tanto brilhoso.

Exitem quatro categorias do lustro:

  • Ótimo – o refletimento é nítido, brilhante e afiado
  • Bom – o refletimento é brilhante, mas não é afiado e elas são levemente obscuras nas beiradas das pérolas
  • Justo – o refletimento é fraco, obscuro ou um pouco embaçado
  • Pobre – o refletimento é turvo e disperso

As pérolas com maior qualidade e mais caras, possuem a forma totalmente redonda, e o lustro e brilho com alto nível de reflexo.

Como saber se a pérola é verdadeira?

Algumas pérolas artificiais são super fáceis de serem detectadas, mas a maioria é quase “tão perfeita” que às vezes fica bastante difícil fazer essa identificação a não ser que seja um especialista fazendo essa avaliação ou a pérola seja levada a um laboratório para análise. Para ter a certeza de que uma pérola é de verdade, verifique fazendo um teste de autenticidade.

Muitos testes podem ser realizados na joalheria, antes mesmo de você fazer uma compra. Estes incluem o teste de atrito, o teste da lupa, teste da coloração, e teste de peso. Alguns joalheiros podem ajudá-la a realizar um teste de ampliação de superfície. Outros testes, como o teste de dente e o teste de perfuração, é melhor que você realize em peças que você já possui.

Vamos colocar aqui alguns dos testes que achamos ser melhores para serem feitos por uma pessoa que não tenha tanto conhecimento no assunto, mas lembre-se, se você quer saber se a sua pérola é real, nada como certificar-se com alguma pessoa que tenha todas métricas e aparelhos para fazer este teste.

Teste de Dente

A maioria das pérolas falsas podem ser distinguidas com base na textura da sua superfície. Esfregar uma pérola contra os dentes é uma forma rápida e simples de determinar a textura.

Como fazer o teste do dente:

  • Esfregue levemente a pérola ao longo das bordas dos seus dentes frontais superiores. As pérolas artificiais possuem uma textura lisa e suave, já as de verdade tem uma textura arenosa.
  •  Alternativamente, coloque a pérola entre os dentes e morda levemente. Deslize levemente os dentes para frente e para trás sobre a superfície da pérola para avaliar a sua textura.
  • Se você ainda tem dificuldade em distinguir a textura, esfregue uma conta de vidro contra as bordas dos seus dentes superiores da frente para fazer uma comparação.

Teste de Fricção

A textura arenosa da superfície de uma pérola real deve dar-lhe uma quantidade assinalável de atrito quando você esfregar uma pérola contra outra. Portanto, você pode selecionar duas pérolas que façam parte do mesmo conjunto, como duas pérolas do mesmo colar ou pérolas de uma par de brincos. Esfregue suavemente as duas pérolas uma contra a outra e depois disso observe o atrito entre as duas. Pérolas lisas são provavelmente falsas, mas duas pérolas que oferecem resistência podem ser reais.

Teste da Lupa

Para esse tipo de teste é necessário uma lupa super potente ou um microscópio. Coloque sua pérola sob a lente e examine a sua superfície usando poder de ampliação 64, se possível. Pérolas verdadeiras devem ter uma aparência arenosa e um tanto quanto escamosa, enquanto as pérolas falsas têm uma aparência granulada ou salpicada.

Teste de Imperfeição

Se sua pérola parece “perfeita demais para ser verdade”, há grandes chances de que ela não seja uma pérola real. Este teste de comparação ajuda a determinar a qualidade de sua pérola. É necessário o exame da pérola em questão para detectar possíveis falhas. As pérolas reais terão pequenas imperfeições, enquanto as pérolas perfeitas são, provavelmente, imitações. Se possível, compare a pérola em questão com uma pérola de alta qualidade certificada.

Como conservar e limpar suas pérolas

Todos os tipos de pérolas requerem muitos cuidados na sua utilização, pois são gemas orgânicas. As pérolas devem ser guardadas separadamente das outras jóias, e é muito importante que sejam envolvidas em tecido, para não riscarem, perder seu brilho natural e nem ter alguma danificação.rihanna com colar perolas

De acordo com grandes joalherias renomadas e importantes, as recomendações para a limpeza de todos os tipos de pérolas é usar um pano macio e úmido para limpá-las. Nunca use produtos químicos, muito menos produtos de limpeza de casa, produtos para cabelos e sprays, maquiagens e perfumes. Esses tipos de produtos são agressivos e tiram totalmente os brilhos das pérolas. 

Nunca use escovas de dentes ou nenhum material abrasivo para limpar suas pérolas. Também não armazene suas pérolas em qualquer saco plástico. O plástico pode soltar uma substância química que irá prejudicar a superfíce de suas pérolas e elas poderão deteriorar-se.

Se cuidadas devidamente, as pérolas podem durar uma vida toda. A American Pearl Association, indica água ou produtos específicos para limpar pérolas também são indicados. A Associação Americana das Pérolas tambémfaz a recomendação deque as pérolas devem ser as últimas peças a serem colocadas após você ter se arrumado, para não haver risco de espirrar nenhum perfume, creme ou qualquer outro produto químico sob as pérolas.

Famosas e as pérolas

E depois que você já virou uma super expert em pérolas, que tal vermos algumas fotos de famosas usando essas lindas e atemporais gemas que tanto somos apaixonadas?

sandra bullock colar perolas
Sandra Bullock lindíssima com diversos colares de pérolas
angelina jolie colar perolas
Angelina Jolie com um trio de colares de pérolas
beyonce brinco perola
Beyoncé com brinco de pérola e diamantes
taylor swift brinco perola
Taylor Swift com brincos de pérolas
bruna marquezine brincos perolas
Bruna Marquezine com acessórios e semi jóias de pérolas
juliana paes perola
Colar de pérolas da Juliana Paes
paris hilton perola negra
Colar pérola negra Paris Hilton

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here