Diamante ou brilhante: Entenda a diferença de uma vez por todas

Diamantes são uma das pedras preciosas mais desejadas e utilizadas principalmente em eventos especiais. 

É por isso que se você já pensou ou considera comprar alguma joia, já deve estar cansada de ouvir a palavra brilhante ou diamante.

Muitas vezes os dois termos são utilizados como sinônimos, mas isso está completamente errado e você já vai entender o porque.

Ao longo desse artigo iremos explicar tudo o que você precisa saber sobre os dois para não sobrar dúvidas, confira:

Diferenças entre diamante e brilhante

Diamante é uma pedra preciosa, enquanto brilhante é basicamente um dos vários tipos de lapidação do diamante.

Com base nessas informações, podemos afirmar que todo brilhante sempre é um diamante, em contrapartida, nem todo diamante é um brilhante.

É só pensar: Um diamante pode ter vários tipos de lapidações além do brilhante, alguns exemplos são o oval, princess, entre outros.

Para um melhor entendimento, é importante saber que os diamantes nunca, em hipotése alguma, é encontrado em meio a natureza da maneira em que encontramos nas joalherias.

Os diamantes precisam ser lapidados. Na natureza, o encontramos de modo que, uma pessoa leiga não conseguiria identifica-lo e pensaria que o diamante se trata apenas de um pedacinho de vidro.

A lapidação é como se fosse um corte feito na pedra, e é através desse processo, onde o formato da peça é definido.

Muitas vezes um diamante pequeno também pode ter um valor maior que um de tamanho consideravelmente superior, isso acontece por diversos motivos.

Geralmente a razão está relacionada com a lapidação, peso, cor e a sua pureza.

Tudo isso é levado em consideração na hora de definir o valor da joia.

Voltando ao assunto, é importante entender a diferenciação entre um brilhante e diamante, pois não são poucas as vezes que joalheiros elaboram joias com diamantes sem brilhantes, já que dessa forma conseguem reduzir seus custos, oferecendo para os seus clientes pedras com uma lapidação 8/8.

A lapidação 8/8 tem muito menos facetas, e por esta razão possuem o valor reduzido.

O problema é que isso faz com que a peça ganhe menos brilho, o que diminui e muito a boa aparência da joia.

Além disso, se compararmos entre todos os tipos de lapidações que existem, a brilhante é sempre a que possui o brilho maior.

Também leve em consideração que uma diferença de valor muito alto entre uma joia e outra pode estar diretamente relacionado a qualidade dos diamantes.

Por isso, é importante se atentar a estes detalhes na hora que for realizar uma compra. Certifique-se se a peça se trata realmente de um brilhante.

Significados

Os diamantes são muito mais que apenas uma joia belíssima, ela também é uma peça cheia de significados.

Devido a sua dureza e alta resistência, os diamantes se tornaram o verdadeiro símbolo da fidelidade, durabilidade e amor eterno.

Conclusão

Essas são as principais diferenças entre um brilhante e um diamante.

É importante entender que não é qualquer diamante que apenas por ser arredondado significa necessariamente que seja também um brilhante.

É importante que busque adquirir seus diamantes sempre em joalherias confiáveis, quando se trata de joias, todo cuidado na hora de comprar é pouco.

As falsificações são muito comuns e apenas a olho nu é quase impossível conseguir identificar se é um diamante verdadeiro ou artificial.

Para ter a certeza se um diamante é realmente verdadeiro é preciso que seja analisado em um laboratório.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here