Descubra o que é aço cirúrgico 316L

Aço cirúrgico
  OUTLET

O aço cirúrgico é um elemento muito utilizado na fabricação de acessórios em todo o mundo. Por ser um material muito resistente, que garante a durabilidade e o brilho da peça. Por isso, o aço cirúrgico é um tipo de metal muito valioso na fabricação de brincos, anéis, alianças e colares.

Aço cirúrgico joias

Diferente do aço inox, o aço cirúrgico possui características particulares que possibilitam que ele sirva como matéria prima para acessórios. Inclusive, as peças feitas de aço possuem excelente qualidade e um preço acessível. Por isso, é comum encontrar diversos pares de aliança de namoro, piercings e outros acessórios feitos a partir do aço cirúrgico. Então, saiba mais sobre o aço cirúrgico: 

O que é aço inox?

O termo aço inox origina-se na expressão ao inoxidável. Isso porque a composição desse tipo de aço que não oxida contem liga de ferro e crômio. Inclusive, nessa composição pode conter também níquel e molibdénio.

Então, há dezenas de tipos de aço disponíveis no mercado para as mais variadas finalidades. Entretanto, nosso interesse pelo aço está relacionado aos acessórios. Por isso, há diferentes termos relacionados ao aço. Entre eles o aço inox e o aço cirúrgico.

Tipos de aço inox

Dentro das categorias de aço inox há algumas nomenclaturas que ajudam a diferenciar as composições de cada um dos tipos de aço. Então, no aço 316, por exemplo, há uma quantidade de 2,5% de molibdênio em sua composição. Isso o torna um metal com nível superior que o aço 304.

Já os aços que são nomeados por um número seguido da letra “L”, possuem uma diferença na quantidade de carbono presente em sua composição. Então, os aços 304L e 316L , devem possuir até 0,03% de aço em sua composição. Enquanto os aços 304 ou 316 chegam a ter 0,08% de carbono.

Diferenças entre o aço inox e o aço cirúrgico

As quantidades de carbono presentes na composição do aço são totalmente relevantes para determinar a corrosão. Por isso, peças com menores quantidades de carbono têm menos risco de sofrerem corrosão intercristalina ou desintegração da solda.

Então, basicamente, existem diversos tipos de aço que são inoxidáveis. Porém, apenas o aço com menor quantidade de carbono como o aço 316L e com um tipo de fabricação metalúrgica diferente é o ideal para ser usado como acessório para o corpo.

Isso porque sua fabricação envolve um processo diferente de derretimento do metal. Dessa forma, não é possível que contaminadores estejam em contato com a peça. Por isso, esse tipo de aço é mais resistente e ideal pra estar em contato com a pele.

Joias em aço cirúrgico

A partir dos anos 2000, o material que era anteriormente utilizado para criar ferramentas cirúrgicas como bisturis. Porém, logo a matéria prima foi incorporada na produção de acessórios. Então, por conta do seu modo de fabricação metalúrgica a vácuo, a peça tem riscos baixíssimos de causar alergia.

Por isso, as peças feitas em aço cirúrgico são consideradas peças hipoalergênicas. Além disso, brincos, colares, alianças e anéis feitos em aço, raramente ficam escuros por serem aços inoxidáveis.

Aço cirúrgico enferruja?

O aço inox é resultado de uma composição feita de liga metálica com aproximadamente 18% de cromo e 8 % de níquel. Justamente por isso, peças em aço inox/aço cirúrgico não enferrujam.

Isso porque o cromo e o níquel juntos formam óxidos do tipo insolúvel. Por isso, o aço fica protegido do oxigênio e também da umidade do ar. Então, os acessórios feitos em aço cirúrgico não correm risco de enferrujar.

Piercing de aço cirúrgico

Geralmente, para usar piercings é necessário passar por um processo de perfuração um pouco mais delicado do que os furos nos lóbulos da orelha. Isso porque os piercings são colocados em cartilagens do corpo que são um pouco mais duras ou complexas.

Então, os piercings não são trocados com tanta frequência como os brincos ou outras joias. Além disso, os piercings devem ser feitos de materiais que praticamente não apresentam riscos de alergia.

Por isso, a produção das joias utilizadas como piercing passou a ser massivamente feita com aço cirúrgico. Afinal, o material não oxida e também não provoca alergias, devido ao seu processo de fabricação.

 

4 COMENTÁRIOS

  1. Tanto o aço 304 como o 316L são aços inoxidáveis. A diferença está na fabricação metalúrgica. Mas AMBOS são aços inoxidáveis.

  2. Boa explicação. Fui apresentado a uma marca de utensílios doméstico que usam este aço 316L. Dizem ser bom para a saúde. Poderia me informar sobre?
    Teria algum material falando mais sobre o Aço 316L e suas utilidades?
    Aguardo e obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here